WORKSHOP 
Improvisação Composta – Composição Improvisada: desafios e propostas criativas

Este Workshop tem como principal objectivo introduzir e apresentar diversos processos de improvisação e composição musical que ajudem o participante a desenvolver a sua própria voz criativa.
Serão duas tardes em que mergulharemos na exploração de ideias e do nosso próprio sentido crítico orientado para o desenvolvimento de processos de criação individuais e colaborativos.

PRIMEIRA PARTE
  • princípios básicos de uma improvisação: a diferença entre a linguagem/vocabulário e o discurso; O que é virtuosismo/técnica na improvisação? A importância fundamental da escuta na improvisação; Restrição e clareza de discurso durante a improvisação.
  • breve história do jazz/improvisação através de exemplos auditivos.
  • exercícios para aprender a improvisar sobre progressões harmónicas: como tocar ritmo, melodia e harmonia.
  • a relação entre os instrumentos de corda friccionada e a tecnologia – a aplicação da electrónica no concerto ao vivo e na composição: como utilizar a loopstation; a tecnologia como técnica extensiva; compor com electrónica; improvisar com electrónica.
  • a relação entre a improvisação e a composição: a composição improvisada; a improvisação composta.
  • a oportunidade presente na improvisação livre e suas implicações estéticas: aprender a ouvir; transcender as lógicas tradicionais de interpretação do instrumento; a importância da forma. 
  • Introdução a técnicas democráticas e colectivas de composição, improvisação e interacção musical: Deep Listening e Soundpainting.

    SEGUNDA PARTE
  • Improvisação colectiva: preparação de uma peça que enaltece exercícios de escuta, improvisação dirigida (com maestro), improvisação tonal, improvisação livre e interpretação de estilos musicais diversos (swing; afro; latin).

16  horas  (8h x 2 dias)

Se te inscreveres até dia 29 de Fevereiro
40€ – Público Geral

35€ – Sócios Interferência

A partir de 1 de Março: 
50€ – Público Geral
45€ – Sócios Interferência

Número mínimo de vagas: 10
Número máximo de vagas:  20

*A inscrição será aceite após o envio do comprovativo de transferência para o NIB da Interferência presente no formulário de inscrição.

Contacto:  info.interferencia@gmail.com

SOBRE O FORMADOR

Considerado um dos violetistas mais inovadores da sua geração, José Valente continua a desenvolver uma intensa actividade musical definida pela irreverência, virtuosismo e contemporaneidade das suas composições e concertos. Desde do regresso de Nova Iorque que o premiado violetista tem vindo a explorar os limites do seu instrumento através da simbiose de diversos estilos musicais, raramente associáveis ao repertório tradicional para viola d’arco, estabelecendo assim uma linguagem e visão musical únicas.
Doutorado em Arte Contemporânea com distinção e por unanimidade pela Universidade de Coimbra. Em concerto destaca: Carnegie Hall (solista convidado); Union Square Park (concerto a solo); Festival Imaxinasons; Teatro Maria Matos, Fundação Calouste Gulbenkian; Bookaroo Festival (Índia), Rauf R. Denktas Cultur and Congress Center em Famagusta (Chipre); Casa da Música. Trabalhou, entre outros, com Paquito d’Rivera e Dave Douglas. Prémios: Menção Honrosa no Prémio de Composição Lopes-Graça 2009; vencedor do concurso de projectos artísticos Serralves em Festa 2010; Novo Talento Fnac 2014; The Hannah S. and Samuel A. Cohn Memorial Foundation Endowed Fellowship (E.U.A). Compôs “Passaporte” para viola d’arco solo, uma encomenda Antena 2 / RTP para a 32ª Edição do Prémio Jovens Músicos. O seu novo disco “Serpente Infinita”, gravado a convite do Musibéria, recebeu 5/5 estrelas por Rui Eduardo Paes, integrou a lista de discos do ano 2018 pela revista jazz.pt, continua a ser aclamado pela crítica nacional e internacional e foi recentemente laureado com o Prémio Carlos Paredes 2019
Estudio Audiovisual da Fab Lab Porto

WORKSHOPS PASSADOS

HANDMADE ELECTRONIC MUSIC com JOÃO CARLOS PINTO

STARTER KIT PERFORMANCE MUSICA ELECTRÓNICA com DIOGO CARRIÇO

INTRODUÇÃO AOS SINTETIZADORES MODULARES com DANIEL MARTINHO