Sons de Bolso transforma a rua na sala de espetáculos, ligando nova música a um espaço geográfico. É uma modalidade não convencional e inédita de explorar o património cultural português, oferendo conteúdo artístico exclusivo que permite ao público novas formas de interação com o espaço envolvente. Locais seculares são engrandecidos com uma dimensão inovadora que se alia à História, desafiando o tradicional e o clássico. As peças musicais geolocalizadas são obras originais de compositores portugueses, relacionadas com a temática da democracia e das liberdades individuais e coletivas conquistadas ao longo dos tempos.

Sons de Bolso desafia uma equipa de compositores portugueses a conhecer, investigar e criar obras musicais originais, conscientes do seu papel no meio e no espaço onde estas se inserem. Rui Penha, Manuel Brásio, José Tiago Baptista e Nuno da Rocha serão os primeiros a explorar SONS DE BOLSO e criar música para cada um dos espaços e as suas histórias.

[ Manual do Utilizador ]

1) Procurar o Qrcode
2) Abrir QRCode
3) Colocar os auriculares e ouvir a peça.
4)Enquanto ouve a peça, poderá ler pequenos textos que contextualizam o património, a sua relação com a temática sobre a música que estão a ouvir e as relações entre todos estes elementos.
5) Poderá também gravar um pequeno vídeo com um excerto da peça para guardar e/ou partilhar nas redes sociais
6) Seguir para a descoberta do próximo espaço e da próxima peça.

APOIOS:
República Portuguesa / Direcção Geral das Artes
AISCA
Fablab Porto

Jornal de Notícias
Porto Canal

Direcção Regional da Cultura do Norte
Município de Melgaço
Tongóbriga, Área Arqueológica do Freixo
Exército Português

EQUIPA:

Direcção Artística
José Tiago Baptista
Manuel Brásio

Produção Executiva
Mauro Rodrigues

Design Gráfico
Rita Ferreira

Programação Web
Nuno Hespanhol

Web Design
Gaiatas Coletivo Design
Rita Santa Marta
Sara Da Mata

Assessoria de Imprensa
Abigail Baptista

Marketing Digital
Tiago Abreu


Mais informações: geral@interferencia.pt

pt_PTPortuguese