Composição

Descrição:
Gostas de compor?
Queres concorrer ao Ensino Superior e precisas de uma mãozinha?
Ou és mais daqueles que gostam de fazer música porque sim, no computador, ao piano ou com a guitarra?
Achas que tens mais para dar mas não consegues chegar a lado nenhum?
Gostavas de aprender mais mas a formação clássica não é bem a tua cena?

O Curso de Composição da Interferência pretende apresentar uma alternativa de formação nesta área criativa a qualquer pessoa interessada em desenvolver ferramentas de criação musical sem que para isso tenham que frequentar o Conservatório ou um Curso Superior de Música.

Nestas aulas iremos explorar ideias e discutir opções. Iremos ouvir música, discuti-la e dela retirar o que melhor tem para o que pretendemos fazer. 

Este regime quase individual – turmas de 2 alunos – permitirá ao professor concentrar a aula nas necessidades específicas de cada aluno e acompanhá-lo de perto no desenvolvimento criativo de música.

 

Objectivos:
O participante no curso de composição irá:

Compreender e relacionar as diferentes estéticas e compositores da história da música;

  • Desenvolver capacidade crítica e analítica para com a música actual;

  • Conhecer diversas técnicas de escrita e de desenvolvimento motívico;

  • Analisar e desenvolver ideias musicais; 

  • Criar música para diversos fins: Concerto, Teatro, Cinema, Dança, Jogos ou Instalações;

  • Conhecer e escrever música para as diferentes formações instrumentais;

  • Contactar com os princípios básicos de organologia e orquestração;

  • Conseguir cooperar e interligar a criação musical original com todo o tipo de estéticas, estilos, formas e métodos organizacionais: Pop, Rock, Punk, Metal, Hip-hop, Trap, Jazz, Funk, Música Antiga, Electroacústica, EDM, Espectral, Minimalista, Serial, Microtonal, Modal, (…);

  • Conhecer e dominar os meios para a gravação e apresentação pública do seu trabalho;

  • Desenvolver capacidades de comunicação e promoção do seu trabalho;

  • Criar um portfólio artístico.

 

Destinatários:

  • Mentes criativas de qualquer idade;

  • Músicos instrumentistas  que gostavam de escrever a sua própria música mas precisam de um empurrão;

  • Indivíduos que já escrevem música mas que precisam de uma base teórica mais aprofundada, para conseguirem alcançar novas sonoridades;

  • Compositores interessados em concorrer a Cursos Superiores de Composição.

Conteúdo Programático

(peças de 2 min) – (aprox. 6h)

  • Sessões de escuta comentada

  • Exercícios de geração e gestão de material adaptado ao objectivo principal.

(peças de 8 min) – (aprox. 10h)

  • Sessões de escuta comentada

  • Apresentação e discussão de ideias

  • Exercícios para simplificação de ideias

  • Apresentação das ideias a outros compositores e músicos

(aprox. 14h) – (peças de mais de 15 min)

  • Sessões de escuta comentada

  • Exercícios de gestão de material e as suas relações no tempo/narrativa musical

  • Métodos de gestão e produção executiva para Gravação/apresentação pública dos trabalhos realizados. 

 Todo o plano de estudos será adaptado aos objectivos criativos de cada participante: Se um participante estiver interessado em desenvolver música para cinema irá passar pelos projectos destacados nas diferentes fases desenvolvendo trabalhos relacionados com a criação de música para imagem em movimento. 

Os participantes interessados em desenvolver projectos em áreas variadas farão, em conjunto com o formador, um plano de trabalhos a executar durante o período de aulas disponível.


Formador:

Manuel Brásio: Formado em Contrabaixo (5º grau) e Percussão (8º grau) pela Escola Profissional de Música de Viana do Castelo. Licenciado em Composição na ESMAE – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo; Mestre em Multimédia: Música Interactiva e Design de Som pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto; Professor; Compositor e Sound Designer para Concerto, Teatro, Dança, Cinema e Videojogos; Baterista e Percussionista freelancer; Sócio sobrevivente da AISCA e sócio fundador da Interferência, colabora ainda no projecto FabLab Porto de João Barros. Recentemente, fez sound design e música para “Os Estrangeiros” um documentário de Rita Al Cunha com produção da AO NORTE Cineclube Viana; colabora frequentemente com o Teatro Regional da Serra do Montemuro; escreveu “Bom dia Sophia” para oboé solo, uma encomenda da RTP/ANTENA2 para o Prémio Jovens Músicos 2018; e integrou a equipa da Digitópia Casa da Música. Foi ainda director artístico, compositor e interprete de SUPRAHUMAN espectáculo da Interferência em digressão em 2019 com o apoio da DGARTES, Centro Nacional de Cultura, IPDJ e Antena 2..

Inscrição, Vagas, Preços e Pagamentos


A inscrição estará concluida quando realizares: 

– Preenchimento do formulário online (“marcação fora de horas” e tentaremos encontrar um horário compatível) 

– Envio do comprovativo geral@interferencia.pt indicando o nome, curso e modalidade de prestação

Exemplo: ASSUNTO [ José Alves / Composição + Electrónica / segunda prestação ]

Min: 1
Max: 2 

*poderemos abrir mais turmas se o número de inscritos se justificar.

Prestação Única: 350€
Duas prestações – 185€ + 185€

*os alunos inscritos só serão admitidos após o pagamento de, pelo menos, uma prestação.

A transferência deve ser feita para o NIB: 003601519910006524312

–  5% para sócios Interferência
– 10% por cursos extra
– 10% na inscrição simultânea de 4 participantes (deve ser preenchido no local indicado no formulário)


Em caso de dúvida envie email para geral@interferencia.pt